Mãe à beira de um ataque de nervos

Mãe à beira de um ataque de nervos

Recebi de uma mãe um pedido de ajuda: “Socorro, Dra. Luciana! Não aguento mais o choro dele!”

Este “ele”, que ela falou, é o seu bebezinho, que tinha quatro meses. Fiquei muito preocupada, pois ela me pareceu uma mãe à beira de um ataque de nervos. Fiquei preocupada com a saúde mental dela e com a segurança deste bebê.

Sei que conviver com um bebê não é fácil. Ele suga nossas energias, pois necessita de nossa atenção o tempo todo. Por um tempo ficamos desgastadas. Mas não podemos deixar que isto nos faça perder o controle. Temos que tomar cuidado, pois senão as coisas podem piorar.

Você sabia que o bebê sente a energia da mãe? Quanto mais desequilíbrio a mãe estiver, mais o bebê se sentirá desprotegido, inseguro. E isto, é claro, resultará em mais choro.

No vídeo de hoje, passo dicas muito importantes para as mamães que estão passando por esta situação e dicas para aqueles que convivem com essas mamães.

Lembre-se, você não é uma mulher maravilha. Peça ajuda quando se estiver em uma situação de estresse. Se você não conseguir se equilibrar, o bebê não acalmará sozinho.

Confira o vídeo!

Escrito por Dra Luciana Herrero Ver todos os posts deste autor →

Esclarecimentos: 1- Esse blog não substitui as consultas de pediatria ou consultas médicas em geral. Tem como objetivo promover educação em saúde, favorecer o vínculo familiar e o estímulo a amamentação. 2- Dra. Luciana Herrero, apesar de possuir a formação em pediatria, não realiza atendimentos pediátricos. Trocou a clínica pela educação. Atua somente como educadora familiar, escritora e coordenadora da Aninhare (www.aninhare.com.br).