Seu filho é o que você come

Seu filho é o que você come

Você é fã de junk food, daquelas que trocam o almoço por um lanche e o jantar por uma pizza sem nenhuma culpa? Então, não temos boas notícias para você. Principalmente se você está pensando em ser mãe.

É que um grupo de pesquisadores, nos Estados Unidos, descobriu que as mulheres que têm uma dieta predominantemente gordurosa, correm um risco muito grande de gerar bebês que já vão nascer viciados em fumo e álcool. Não, você não leu errado. É isso mesmo. Os testes em laboratório mostraram que os filhotes cujas mães mantinham uma dieta repleta de calorias vazias e gordas, já nascem com um desejo quase incontrolável de consumir nicotina e álcool. De preferência, os dois juntos.

Os cientistas acreditam que a exposição à gordura antes do nascimento programa o cérebro para gostar da mistura cigarro e bebida. O trabalho faz parte de um estudo maior, que pretende comprovar que a saúde de uma criança é programada muito cedo, ainda no útero e até antes da concepção. Acredita-se que esse início de vida molda as chances da criança em quase tudo: desde desenvolver diabetes até sofrer ataques cardíacos na velhice.

E aí, vai querer um hambúrguer ou uma salada?

Fonte: Folha de São Paulo e Universidade de Rockefeller, Nova York.

Escrito por Dra Luciana Herrero Ver todos os posts deste autor →

Esclarecimentos: 1- Esse blog não substitui as consultas de pediatria ou consultas médicas em geral. Tem como objetivo promover educação em saúde, favorecer o vínculo familiar e o estímulo a amamentação. 2- Dra. Luciana Herrero, apesar de possuir a formação em pediatria, não realiza atendimentos pediátricos. Trocou a clínica pela educação. Atua somente como educadora familiar, escritora e coordenadora da Aninhare (www.aninhare.com.br).